Tuesday, December 4, 2012

Assepsia Integral Convulsivante um protocolo misto de terapia de resignificação e harmonização.








AIC - Assepsia Integral Convulsivante

Leonardo de Paiva    http://lattes.cnpq.br/9588405829640011  

A AIC é uma técnica mista que faz parte do método TACAI http://unat-aban.blogspot.com.br/p/metodo-tacai.html que foi configurada a partir da combinação de técnicas distintas ( TRE e a TRT) e de conhecimentos da alquimia ocidental e oriental, além de conhecimentos da MTC - Medicina Tradicional Chinesa.

Combinaram-se os procedimentos da terapia de reprogramação, desenvolvida pela UNATE, com princípios da Alquimia, MTC e da técnica do TRE - Trauma Releasing Exercises, desenvolvida por David Berceli. 

O objetivo dessa combinação de técnicas é realizar a redução dos sintomas do estresse patológico, através da indução dos tremores neurogênicos e da eliminação das memórias traumáticas, armazenadas na aura, nosso campo eletromagnético, que segundo a alquimia Paracelsiana é onde são armazenadas nossas memórias e as receitas das bioquímicas hormonais do nosso organismo.


Justificativas para uso da AIC

Muitas pessoas vivenciam situações traumáticas, que podem degenerar para um quadro de estresse pós-traumático. Quando as tensões e traumas ocorrem, o corpo tende a encontrar mecanismos de alívio dessa tensão, quando isso não ocorre, as tensões deletérias, do trauma vivenciado, se alojam nos tecidos do corpo: músculos, tendões, articulações, fáscia e precisam ser dispersas, expurgadas, sob pena de levar o organismo a inúmeras desarmonias como: insônia, picos hipertensivos, insegurança, medos, fobias, depressão.

Estes registros ou memórias traumáticas necessitam ser extraídas das memórias musculares do corpo e eletromagnéticas da aura e para isso precisão ser expressas, fisicamente, através de tremores neurogênicos, rápidas convulsões, choro, bocejos, risos, gritos; para que o organismo volte a ficar em seu estado de harmonia.

Esse fenômeno dos tremores pode ser observado, naturalmente, após um susto, trauma emocional, uma forte emoção, principalmente nas crianças e animais. 

Nos adultos, normalmente essa resposta do organismo é tolhida pelo ego por, na maioria dos casos, serem consideradas como sinais de fraqueza e fragilidade.

Quando ocorre um evento estressante, traumático que ative o sistema límbico, no módulo paralisia, fuga ou luta, ocorrerá uma contração involuntária da musculatura de toda cadeia mestra estática anterior do corpo, com grande estímulo nervoso sobre o músculo psoas, levando o corpo a uma posição contraída, semelhante à da posição fetal.

Em alguns casos o indivíduo, simplesmente armazena aquela tensão no seu corpo, por reprimir o choro ou o tremor neurogênico, por considerá-los inadequados e demonstrativos de fraqueza, não fazendo assim a assepsia energética e neurogênica.  Esse acúmulo de tensão, não dispersada, com o tempo, levará aos sintomas do estresse negativo: dificuldades de sono, taquicardia, irritabilidade, medos, perda de apetite, mau humor, isolamento social, favorecendo ao adoecimento e até mesmo ao acometimento de doenças degenerativas.

Essas situações, de obstrução da assepsia neurogênica, são muito observadas em pessoas que são treinadas para controlar as fortes emoções como: profissionais de saúde e emergências, policiais, bombeiros, militares. Sendo estes profissionais os mais afetados com os sintomas do estresse pós traumáticos e pelas doenças do estresse (hipertensão arterial, diabetes, câncer, síndrome do pânico).

Para melhor entendimento, acessar http://youtu.be/bPFbXdSGSkc


Compõe o protocolo terapêutico da AIC - Assepsia Integral Convulsivante do método TACAI

As teorias de bases da MTC - Medicina Tradicional Chinesa, da Alquimia Paracelsina, conhecimentos do TRE - Trauma Releasing Exercises e da TRT- Terapia de Reprogramção TACAI, consorciados.

Iremos falar um pouco a respeito de cada um desses instrumentos terapêuticos:


TRE - Trauma Releasing Exercises

David Berceli, analista em bioenergética e especialista das questões ligadas ao trauma, desenvolveu uma técnica que implica num processo neuropsicomotor, complementar ao processo psicológico clássico, o TRE - Trauma Releasing Exercises. Para Berceli, os seres humanos evoluem ultrapassando traumas, sendo o corpo o maior aliado para superação de seus danosos efeitos. David Berceli criou exercícios que descongelam os bloqueios provenientes dessas adversidades, especialmente, nos músculos psoas, da região pélvica e nos músculos da cadeia mista estática anterior, que envolve os adutores, vasto medial, vasto intermediário, reto femoral, tensor da fáscia lata, glúteo máximo, grácil e sartório.

5 vídeos em que Berceli explana sobre o TER: http://youtu.be/9vH709shOBY     



O Protocolo da AIC

Inicia-se este protocolo com os a TRT ( utilizando a auriculo terapia com a mico esferas de silício programadas) fazendo-se uma rápida anamnese, identificando o epicentro da desarmonia. Em seguida deve-se perguntar ao o cliente se, realmente quer se livrar daquele problema ou desconforto. É importante observar se o cliente, a ser tratado, está em gozo de suas faculdades mentais, pois é imperioso que o cliente entre em contato mental com o fato ou a situação que o leva à desarmonia, seja uma dor, uma grande perda, uma decepção, um trauma, um vício...


A conduta terapêutica

Após o cliente ter sito conduzido pelo terapeuta a fazer contato mental com a sua desarmonia, inicia-se a terapia estimulando-se no ponto auricular “Shemen”. Então se vai perguntado ao cliente, sobre as sensações de alívios ou migrações dos sintomas e o terapeuta vai colocando as micro esferas de silício, segundo os protocos e conhecimentos da MTC - Medicina Tradicional Chinesa ou de área reflexa, das partes do corpo que estão em desarmonia.

Por exemplo: se há tristeza, após colocar-se no ponto “shemen”, irá ser realizado outro estímulo com as eferas de silício sobre o ponto reflexo do pulmão; se o que existe é uma sensação de aperto na garganta ou no estômago, serâo estimulada nas áreas reflexas auriculares, correspondentes a esses sintomas. Esses procedimentos serão procedidos até identificar-se o alívio dos sintomas físicos e emocionais.



Objetivos da AIC – Assepsia Integral Convulsivante

     Limpar o lixo emocional oriundo dos medos e os bloqueios ocasionados por situações traumáticas, através de exercícios que visam liberar as tensões profundas, desenvolvidas no organismo, durante uma experiência traumática;

  Induzir o organismo a tremores neurogênicos fisiológicos, a fim de descarregar a energia excessiva, gerada quando de acontecimento traumático e estressantes;

  Apoiar a terapia auricular com as micro esferas de silício programadas, na adequação das informações eletromagnéticas da aura, oriundas de traumas, angústias e tensões que geram a bioquímica do pânico e do estado de estresse patológico.


Como se capacitar neste protocolo hibrido da assepsia emocional e física

A UNATE – Universidade Aberta do Terapeuta vem desenvolvendo formações regulares, capacitando profissionais de saúde, na aplicação do método TACAI, que inclui entre outras técnicas, a AIC – Assepsia Integral Convulsivante.

Maiores detalhes no blog  http://unat-aban.blogspot.com.br/

Assistam os vídeos que mostram a TRE , técnica precursora da AIC:






No comments:

Post a Comment